Text Size
Entrar

TRANSFORMADOS PARA TRANSFORMAR

Fomos chamados por Cristo para sermos transformados e gerar transformação!

A metanóia (mudança de mente, comportamento e caminho) é resultado da escolha de ter Jesus Cristo como Senhor e Salvador.

A maior evidência de uma entrega verdadeira à Cristo é a transformação.

Vivemos num tempo onde o amor de muitos está se esfriando (Mateus 24:11), esse esfriamento tem gerado a desistência de muitos irmãos na caminhada com Cristo. Temos visto o evangelho sendo pregado de uma forma superficial, os valores cristãos sendo invertidos e os princípios distorcidos. Como Igreja precisamos lutar, não podemos nos conformar (Romanos 12:2)! Nosso papel é resgatar primeiro dentro de nós o mesmo sentimento que houve em Cristo quando cumpriu sua missão (Filipenses 2: 5 à 18). Um cristianismo baseado no amor e na entrega é movido pela essência de Cristo que morreu e ressuscitou para nos dar vida (João 3:16), e isso resulta numa vida transformada para sempre, em uma caminhada sem retorno, rumo ao céu!

Nossa missão é resgatar a essência do verdadeiro cristianismo para a formação de verdadeiros adoradores (João 4:23). É chegado a hora, precisamos sair da nossa área de conforto para viver intensamente o poder da ressurreição (Romanos 6:4).

Diante dessa realidade, conduzidos pelo Espirito Santo declaramos que 2015 é o Ano da Transformação na nossa vida, na nossa família e na nossa Igreja! Alicerçados em Salmos 93:12 ministramos a importância de estarmos plantados na casa do Senhor, enraizados no corpo de Cristo, ou seja, em comunhão com a Igreja. Uma flor não pode florescer se não tiver raiz! Juntos podemos vencer o mundo, porque Cristo já venceu e precisamos ter bom ânimo, sozinho não é possível (João 16:33).

Uma pessoa transformada gera transformação e isso acontece de forma natural. Um legítimo discípulo gera outros discípulos. Um seguidor de Cristo é seguido por outros, um imitador de Cristo é imitado por outros. Somos um referencial, somos escolhidos para levar outros escolherem à Cristo (Efésios 5:1 e 2). Deus nos chamou para viver Mateus 28:18 à 20 e para tal missão precisamos ser transformados.

Para viver essa transformação é necessário deixarmos de lado o nosso “eu”, nossas vaidades, nossos achismos, nosso relativismo, nossas filosofias, nossas verdades, nossos interesses, nossos deuses, nosso passado, nossa religiosidade e nossas próprias vontades, essas coisas só atrapalham o processo.

Uma pessoa transformada ama verdadeiramente, e amar é se entregar sem interesse algum, sem esperar nada em troca! Precisamos amar à Deus e pronto, amar o próximo e pronto, sem ser motivados pelas vantagens que isso nos traz ou pelo que vamos receber em troca. Não era vantagem nenhuma para Cristo morrer por nós, mas por amor Ele se entregou, Ele só pensou em nós. O que sentimos por Deus é amor de verdade?

Amar à Deus é viver a vontade Dele mesmo sendo diferente da nossa, é obedecer por amor, é confiar mesmo quando tudo parece ao contrário, é amar quando ninguém ama, é ter fé quando não há mais motivo para tê-la, é ser verdadeiro onde reina a falsidade, é ser santo onde reina o pecado, é se alegrar mesmo sem motivo aparente (Mateus 22:37).

Deus quer que tenhamos um coração disposto a ser mexido, tratado, mudado e limpo por ele, só assim poderemos perdoar, amar, servir e se entregar de verdade e para sempre.

Nossa participação nessa transformação é apenas deixar que ela aconteça, o resto é com Deus!

E então, você quer ser transformado por Cristo para ser um transformador de vidas por Ele e para Ele?

Acesso Restrito