Text Size
Entrar

Planta_3
O Pastor José Barros Filho, reunido com alguns outros irmãos na residência de Rubens Máximo no bairro Novo Mundo, por volta do ano de 2002, iniciou uma reunião de oração que se transformou num ponto de pregação. Nesta mesma época, o Pastor Barros mantinha outra reunião de Estudo Bíblico na residência da saudosa irmã Maria Freire no bairro Xaxim. Ainda neste ano, esta reunião passou a ser dirigida pela irmã Misma Ferreira Romanini.

Estas duas reuniões formaram a base da Congregação Presbiteriana Filadélfia, que no mês de março de 2004, na Travessa Ney Azevedo no bairro do Novo Mundo, realizou seu primeiro culto e Escola Dominical num modesto e pequeno barracão. Nesta ocasião, a Escola Dominical era composta pelas famílias de Rubens Máximo, Jair de Lima Máximo, Milton Prado da Cruz e o casal Rubens e Anai. No mesmo dia, com estas mesmas pessoas, além de convidados, foi celebrado o primeiro culto sob a direção do Presbítero Anísio Romanini. No mês seguinte, o Conselho da Igreja Presbiteriana da Silva Jardim convida o casal Anísio e Misma Romanini para dirigirem e liderarem o trabalho desta congregação.

Ao final do mesmo ano , a congregação constrói aos fundos do barracão uma ampliação do prédio para viabilizar salas de aula da Escola Dominical para crianças, adolescentes e jovens.

No ano de 2005, implanta-se o projeto Jônatas, coordenado pelos irmãos Fumio Hattori e Jair Máximo, e as reuniões semanais do Macramê dirigidas pela irmã Misma.

Em abril de 2006, a Congregação organiza uma grande campanha evangelística no bairro, denominada de “Virada Radical”, que para a sua realização é alugada a quadra de esportes nos fundos do templo. Por esta ocasião, com toda a congregação reunida neste local, o Presbítero Anísio desafia os fiéis a alugarem de forma definitiva aquelas instalações, a fim de dar possibilidade estrutural ao crescimento da congregação, a qual nesta altura já se compunha de mais de 50 pessoas. Nesta ocasião toda a congregação ora ao Senhor e entrega a Ele este objetivo.

Em abril do ano seguinte, assina-se o contrato para a locação de todo aquele espaço, compreendendo: um local para o novo templo, um local para esportes de quadra coberta e um amplo estacionamento. Inicia-se a reforma do local e no mês de agosto daquele ano, inaugura-se as novas instalações da Congregação Presbiteriana Filadélfia, mantendo-se o prédio antigo para a Escola Dominical, Projeto Jônatas, trabalhos manuais, encontros para estudos bíblicos com as mulheres do bairro, e aulas de exercícios na quadra para a terceira idade.

O Conselho da Igreja Presbiteriana da Silva Jardim e os membros locados na Congregação Presbiteriana Filadélfia, de forma conjunta, decidiram solicitar ao Presbitério de Curitiba a sua organização por entenderem que a Congregação Presbiteriana Filadélfia estava pronta para se emancipar e se organizar como Igreja. Portanto no dia 26 de abril de 2009 a então Congregação Filadélfia organiza-se em Igreja.

Neste mesmo ato, consagra-se o então bacharel em teologia o Presbítero Anísio Romanini em pastor desta nova igreja. Também na mesma ocasião a Igreja elege seus presbíteros os irmãos Jair Máximo de Lima, Rafael Conceição e Josué de Souza Freire formando o conselho da Igreja.

Foto histórica dos primeiros irmãos

foto_historica_jun_2008_4

Foto histórica no interior do novo templofoto_historica_Nave_do_templo

Portanto se desejar conhecer melhor e mais de perto a nossa Igreja faça-nos uma visita!  ficaremos honrados com sua presença.

Acesso Restrito